SEGURO, INOVAÇÃO E RETOMADA.

Caros leitores,

Nesta semana iniciamos o quarto trimestre de 2020. A sensação de ‘’já é outubro?’’ mistura-se com a impressão de um calendário atípico, onde o longínquo mês de fevereiro fez parte doutro tempo, antigo e pré pandêmico.

A incerteza ainda nos ronda, assimilamos novos hábitos e muitos continuarão com o TOC do uso de álcool em gel mesmo após a vacina. Somente as máscaras, delas certamente ninguém sentirá falta.

Aqui, graças a força do mercado segurador e a superação do time Madalozzo, completamos os 200 dias de pandemia sem cortes de salários ou de vagas. Pelo contrário, aumentamos o número de colegas e a nossa presença física em mais cidades. Totalizando 26 filiais em 7 estados brasileiros.

O seguro possui papel fundamental em tempos de crise. É um dos motores da recuperação econômica ao restituir bens perdidos, dando segurança para empreendedores investirem e credores emprestarem.

A necessidade estimula novas ideias. Como exemplo, na semana passada noticiaram novidades no setor bancário, uma verdadeira salada mista: grandes bancos investindo em fintechs, bancos de investimento entrando no varejo e fintechs com novos serviços e plataformas. As iniciativas beneficiarão o mercado e os consumidores.

O seguro também participará desta onda, com novos players e soluções. “Projetar seguros é uma questão de invenção” disse Robert Shiller, ganhador do Nobel de economia, em um dos seus cursos gratuitos e online pela universidade de Yale (um dos benefícios da digitalização).

Por isso, com a mente aberta, temos na Madalozzo desenvolvido produtos aderentes ao momento atual, viabilizando a proteção de cada vez mais pessoas e negócios.

Das várias evoluções, cito o seguro de caminhões, que tiveram excelente taxa de crescimento na corretora em 2020. O transporte, um serviço essencial e de pouca atenção do mercado segurador nos últimos anos (como já relatei na coluna ‘’O mínimo’’ de 03 de agosto), agora encontra opções com excelente custo-benefício.

Poderia elencar outros exemplos, mas a mensagem principal é demonstrar a resiliência e importância do seguro para a retomada do crescimento brasileiro. E nosso compromisso em continuarmos sendo ativos na mudança deste mercado, sempre para melhor.

Excelente semana,

Abs,

Lucas M.

Compartilhar: